Blog da Roberta Malta

14/08/2010

Os melhores risotos do mundo

Quando fui convidada para provar os dois risotos brasileiros que estão em os 101 melhores do mundo fiquei intrigada. As listas, quando não são pessoais, sempre me intrigam. Melhores segundo que critério? Quem concorre? Quem escolhe?

Aí entendi que no Guida Gallo competem os que usam o arroz da marca. A explicação me convenceu: o produto é ótimo, a relação abrange grandes restaurantes do mundo e é um luxo ter endereços em São Paulo considerados tops por especialistas -- Cantaloup e Piselli. 

Às voltas com as matérias do Ao Vivo Recife não consegui ir à festa, mas peguei as receitas para fazer em casa. Que tal passar um domingo familiar com um dos campeões?

Por Roberta Malta às 18h55

Risoto de beterraba com escalope de foie gras

Restaurante Piselli

 

(4 porções)

Ingredientes

160 g de filé de fígado de pato (4 escalopes)

2 beterrabas inteiras

20 folhas de sálvia

1 colher (sopa) de azeite

Sal e pimenta do reino a gosto

Risoto

02 cebolas picadas

350 g de arroz Carnaroli Gallo Gran Riserva

1 litro de caldo de vegetais

30 g de queijo Grana Padano ralado

1 colher (sopa) de manteiga (10 g)

 

Purê de beterraba

1 Corte as folhas, lave, coloque em uma assadeira, regue com um pouco de azeite, sal e pimenta, cubra com papel alumínio e asse no forno médio 160° por 01 hora. 2 Passe no espremedor de batatas e reserve.

Risoto

1 Aqueça a manteiga e refogue a cebola até ficar transparente. 2 Acrescente o arroz e o vinho branco e torne a refogar ligeiramente, mexendo sempre. 3 Coloque um pouco do caldo de vegetais nesse refogado e vá mexendo até o caldo quase secar. 4 Repita esse procedimento, colocando o purê de beterraba e continue adicionando o caldo concha por concha, até o risoto ficar cozido, mas al dente e bem úmido. Reserve tampado.

Finalização

1 Grelhe os escalopes de foie e frite as folhas de sálvia. 2 Enquanto isso, torne a levar o risoto ao fogo, acrescente o queijo ralado na hora e a manteiga, retire do fogo e mexa vigorosamente até a manteiga e o queijo estar totalmente incorporados.

Montagem

Disponha o risoto nos pratos colocando um escalope no centro e as folhas de sálvia por cima.

Por Roberta Malta às 18h54

Risoto de mandioquinha e truta defumada

Restaurante Cantaloup

 

 

(4 porções)

Ingredientes

260g de Riso Gallo Arborio

240 g de truta defumado

100 g mandioquinha

80 g de cebola

80 g manteiga

80 g favas

80 g de queijo parmesão

60 g de manteiga de camarão*

15 g de alho picado

1 l de caldo de frango

40 ml de vinho branco seco

4 ovos

Ciboulette, azeite extra virgem, dill, flor de sal a gosto

Ovo

1 Ferva os ovos por 4 minutos e 30 segundos e resfrie-os em água gelada. 2 Descasque com cuidado e reserve na geladeira.

Truta

Corte a truta em cubos (+/- 1,5 cm) e deixe marinhar no azeite com dill.

Favas

1 Cozinhe em levemente salgada. 2 Esfrie rapidamente em água gelada, para que cor seja preservada. 3 Reserve.

Purê de mandioquinha

1 Descasque a mandioquinha, pique e ferva em água levemente salgada. 2 Retire a água e coloque no processador até conseguir uma mistura homogênea. 3 Acrescente uma colher de manteiga, sal e pimenta.

Por Roberta Malta às 18h51

Risoto

1 Esquente uma pequena quantidade de óleo numa panela e refogue o alho e a cebola até ficarem  transparentes. 2 Acrescente o arroz, um pouco de vinho e deixe cozinhar até que evapore.  3 Gradualmente, acrescente o caldo de galinha, uma concha por vez, e mexa até o líquido ser absorvido. 4 Enquanto isso aqueça o ovo por 30 segundos em água fervente. 5 Quando o risoto estiver al dente, acrescente o purê de mandioquinha, a truta marinada, as favas e mexa por alguns segundos. 6 Remova do calor. 7 Acrescente o parmesão e manteiga de camarão, mexa bem. 8 Ajuste sal e pimenta, se necessário.

Montagem

1 Coloque o risoto no prato com o ovo posicionado no centro. 2 Decore com dill e ervas de sua preferência.

*Manteiga de camarão

1 Cozinhe algumas cabeças de camarão com cebola picada, alho e as ervas de sua preferência. 2 Mexa bem até extrair a essência do camarão. 3 Use algumas gotas do vinho branco para o deglace. 4 Peneire e deixe esfriar. 5 Coloque a manteiga em temperatura ambiente com a mistura no processador e em seguida volte para a geladeira.

Cantaloup

Rua Manoel Guedes, 474, Jardim Europa, São Paulo, SP

tel. 11 3078-9884, www.cantaloup.com.br

Piselli

Rua Padre João Manuel, 1253, Jardins, São Paulo, SP

tel. 11 3081-6043, www.piselli.com.br

Por Roberta Malta às 18h50

10/08/2010

Delírios internéticos

Uma amiga contou para a Lívia sobre o namorado secreto e disse: "você é a única que sabe. Quer dizer, a terapeuta sabe, mas nunca falei o nome". Ela disse: "Óbvio, Google existe".

Foi caçando na internet a tal onça-que-era-tigre do post rerretrasado (existe isso??), que encontrei umas coisinhas legais. 

Primeiro, a instalação americana feita de Cheetos.

 

 

Que me fez pensar na obra de Cildo Meireles Desvio Para o Vermelho.

 

 

Que vi em Inhotim, durante o  (bacanérrimo) festival Sabor e Saber. Lá,  jantei com o Eduardo Girão, que me mandou comprar o queijo do Valter, de leite cru, vendido na barraca do Itamar, no Mercado Central de Belo Horizonte.

 

 

Que achei parecido com o queijo que o Thomas Troisgros levou para o encontro com Raphael Despirite na terceira edição do Cozinha Bossa Nova

 

 

Onde encontrei minha incrível dupla de degustadores de caldo Knorr Sandro, do blog Um litro de Letras, e Bertz, chef do Zena. Eles e o Vitor, do Prato Fundo, cantaram a pedra do probleminha nas informações da embalagem dos potinhos antes de a bomba estourar e a Proteste pedir que a campanha fosse retirada do ar (leia aqui).

Aí pensei que, desde que observado com humor, o gostinho artificial pode ser extremamante comfort food e voltei ao meu biscoito favorito.

Então, descobri o batom de Cheetos. 

 

 

Não conhecia mais nada do tipo até encontrar o de Hershey`s...

 

 

... e sair correndo para comprar o chocolate e o salgadinho.

Tudo, tudo ao graças ao Google. Santo ou maldito?

 

Por Roberta Malta às 14h26

Ir para UOL - Receitas

Sobre o autor

Roberta Malta é jornalista de gastronomia e blogueira por vocação. Escreve nas revistas Prazeres da Mesa, Casa & Comida e algumas outras sempre sobre ingredientes, bebidas, restaurantes. Formou-se em gastronomia, estudou vinhos na ABS- SP, mas está em constante aprendizado e pretende dividir suas descobertas e dúvidas com todos que acessarem seu link.

Sobre o blog

O "Sopa de Letrinhas" é um observador bem humorado da gastronomia, com pitadas do dia-a-dia da autora. Serve também como agregador e mixer de pessoas. Tem um olhar empolgado, emocionado, frio, crítico, curioso sobre comidas, bebidas, novidades, livros, restaurantes ou um pouco de tudo. Divirta-se!

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.
Hospedagem: UOL Host