Blog da Roberta Malta

24/06/2010

Portugal no prato

Uma brincadeira que eu amava quando era "obrigada" a assistir a Copa do Mundo era a de montar o cardápio, em dias de jogo do Brasil, de acordo com nosso adversário. Se a partida fosse contra a França, por exemplo, o prato do dia podia ser um cassoulet, boeuf bourgignon ou qualquer outro -- desde que típico do país que, em seguida, devoraríamos em campo. Quando enfrentávamos a República dos Camarões, o menu era escolhido de outra maneira. Como o nome do país é muito mais sugestivo do que qualquer receita tradicional, fazíamos uma farra com cascatas de camarões e tudo! 

Semana passada comprei para comer em casa (que nostalgia das comidas para viagem...) um arroz de pato incrível na Adega Santiago. Assim que lembrei que o jogo do Brasil desta semana era contra Portugal, liguei para o restaurante e pedi a receita.

Esta sexta é dia de devorar nossos patrícios, pá! A partida é o que menos importa.



 

 

Arroz de Pato

(1 porção)

 

 

50 g de pato de panela (receita abaixo) desfiado

2 xícaras de caldo do cozimento do pato

1 xícara de arroz cozido

½ xícara de batata palha

¼ de xícara de repolho

2 colheres de sopa de azeite Virgem

1 colher de chá de alho picado

1 colher de sopa de cebola picada

1 colher de sopa de tomate sem pele e sem semente

1 colher de sopa de favas e feijão branco

1 coxa de pato confitada

Chouriço português fatiado e salsinha à gosto

 

1 Em uma frigideira aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola. 2 Acrescente o tomate, as favas, o pato, o repolho, o caldo e arroz. 3 Retifique o sal. 4 Deixe no fogo, mexendo de vez em quando até que os grãos estejam cozidos (o arroz deve ficar úmido). 5 Arrume o arroz numa panelinha, coloque sobre ele a batata palha e a coxa de pato. 6 Salpique salsinha e regue com um fio de azeite.

 

Pato de Panela

 

2 patos inteiros e limpos

2 xícaras de suco de laranja

2 xícara de cebola em cubos

1 xícara de cenoura em cubos

½ xícara de salsão

½ xícara de alho poró

½ xícara de azeite

½ xícara de vinagre

1 cabeça de alho


1 Marine o pato com todos os ingredientes acima por 12 horas. 2 No outro dia, retire da marinada, coloque em uma assadeira e leve ao forno à 200º C até dourar, mais ou menos 40 minutos. 3 Retire do forno e coloque em uma panela junto com os legumes e o caldo da marinada. 4 Cubra com água e leve ao fogo. 5 Abaixe depois que ferver e reire quando os patos esiverem cozidos. 6 Reserve o caldo do cozimento. 7 Deixe o pato esfriar e limpe, reservando a carne.



Adega Santiago

Rua Sampaio Vidal, 1072, Jardim Paulista, São Paulo, SP

tel. 11 3081-5211

 

 

Por Roberta Malta às 13h40

22/06/2010

Vem aí

Sabe aquele lugar aonde tem a lasanha preparada do jeito que você gosta, o frango com pele crocante e batatinhas, bolo de nada para tomar com café? Esse lugar não existe.

Mas isso é só questão de tempo. Esta semana, passeando pela Vila Madalena, me chamou a atenção uma casa vermelha, de calçada mais recuada do que as vizinhas, com movimento de entregadores na porta e cheiro de comida fresca. Entrei.

Da cozinha aberta, a dona que assava pimentões na chama do fogão me acenou com um sorriso. Me aproximei confiante e perguntei o que ia acontecer ali. "Uma rotisseria", ela disse. "Mas só abre em setembro."

"Ah... pensei que já estava funcionando." A caminho da saída, a moça me chamou: "eu não acredito em coincidência e tem uma lasanha assando no forno para teste. Quer experimentar"?

Já passava das quatro da tarde e eu ainda não tinha almoçado. Topei, lógico. Toparia de qualquer maneira. E ela me serviu a refeição na mesa provisória que trouxe do quintal de casa.

 

Os pimentões

 

A lasanha

 


Os morangos com chocolate que levei para o Tato

 

A moça se chama Li, depois descobrimos que já tínhamos nos encontrado. Ela é amiga da Sud, do Umlitrodeletras e de alguém que não lembro mais. Adora a lasanha do Zena e o fígado do Ici. Quer vender para viagem, mas acha feia a embalagem de alumínio. E gosta de conversar, que nem eu.

 

Casa da Li

Em breve na Vila Madalena


Por Roberta Malta às 21h08

Ir para UOL - Receitas

Sobre o autor

Roberta Malta é jornalista de gastronomia e blogueira por vocação. Escreve nas revistas Prazeres da Mesa, Casa & Comida e algumas outras sempre sobre ingredientes, bebidas, restaurantes. Formou-se em gastronomia, estudou vinhos na ABS- SP, mas está em constante aprendizado e pretende dividir suas descobertas e dúvidas com todos que acessarem seu link.

Sobre o blog

O "Sopa de Letrinhas" é um observador bem humorado da gastronomia, com pitadas do dia-a-dia da autora. Serve também como agregador e mixer de pessoas. Tem um olhar empolgado, emocionado, frio, crítico, curioso sobre comidas, bebidas, novidades, livros, restaurantes ou um pouco de tudo. Divirta-se!

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.
Hospedagem: UOL Host