Blog da Roberta Malta

09/04/2010

Confesso que comi: minha vida em 35 pratos

Amanhã acaba meu inferno astral, graças! Acho que foi a primeira vez que senti o peso desse período que, dizem, começa quarenta dias antes do aniversário. Deve ser da idade, tende a piorar.

Entre as milhares de reflexões produzidas pela minha cabeça maluca, fiz uma linha do tempo com meus pratos favoritos.

Tem mais uma porção, claro, mas elenquei os que, de alguma maneira, me marcaram. Alguns porque comi repetidas vezes, outros porque foram inesquecíveis e, ainda, os que mudaram alguma coisa em mim.

Com vocês "Confesso que comi: minha vida em 35 pratos".

1 ano - papinha Nestlé

2 anos - maçã raspadinha

3 anos - Yakult




4 anos - cheetos com feijão preto

5 anos - pão de queijo do Parque Recreio

6 anos - brochete de filé da Majórica

7 anos - escalopinho ao limão do La Mole

8 anos - profiteroles do Piantella

9 anos - hamburguer do Wendy's



 

 

10 anos - bife à milanesa com salada de batata do Bar Luiz

11 anos - batata com requeijão do Gula Gula

12 anos - petits fours do Laurent

13 anos - bolinho de Bacalhau do Rei

 

 

 14 anos - mil folhas da Brasserie Lipp

15 anos - cheese salada da Poli Sucos

16 anos - sushi do Kioto

17 anos - salada de batata frita do Alface's

18 anos - suco de morango e laranja da Bibi Sucos

19 anos - sorvete de chocolate branco com amêndoas Mil Frutas no Mistura Fina

20 anos - fettuccine com paiard do Pantagruel

21 anos - ovos nevados do Antiquarius

22 anos - salada Kiki do Plataforma

23 anos - Kratong Tong do Mestiço

24 anos - polpetone do Jardim di Napoli

25 anos - escargot com manteiga e alho do Parigi

26 anos - salada fatuche do Arábia

27 anos - torta de palmito da Di Cunto

 


28 anos - pizza marguerita da Castelões

29 anos - charutinho de uva da Neka

30 anos - ravióli de ricota de ovelha e limão siciliano do Fasano

31 anos - porquinho de leite da Roberta Sudbrack

32 anos - ravióli de baroa do Olympe

33 anos - hamburguinho com foie gras do C.U.C.I.N.A

 


34 anos - petit gateau de bobó do Na Cozinha

35 anos - filet au sauce bérnaise do Ici Bistrô

Que venha o 36o. Tintim!

 

Por Roberta Malta às 15h14

07/04/2010

Das lembranças que eu trago na vida...

 

 

Gray's Papaya

2090 Brodway at 72nd Street, NY, EUA

Foto: Robyn Lee

Por Roberta Malta às 15h49

06/04/2010

Receita pernambucana

Um dos meus roteiros gastronômicos preferidos é Pernambuco. Gosto de tomar fingida de pitanga no Beijupirá de Porto de Galinhas, comer cabeça de camarão frita no Quina do Futuro , voltar carregada de bolos de rolo fresquíssimos da Casa dos Frios.

A lista de restaurantes de que gosto lá é tão grande, que quase nunca consigo conhecer um lugar novo. Agora, seja qual for a minha programação, sempre passo no Oficina do Sabor, em Olinda -- isso quando não vou duas vezes na mesma viagem.

César Santos, chef da casa, esteve em São Paulo esses dias pilotando o fogão do Na Cozinha e fui matar a saudade de algumas de suas receitas.

Primeiro comi o queijo de coalho com salsinha e alho fritos, nunca resito.

 

 

Pedi meio e repeti. É inacreditável. Nada daquela textura borrachuda e pesada dos coalhos vendidos no Rio e em São Paulo.

Depois, mergulhei no baião de dois com feijão verde, peixe e frutos do mar (receita abaixo) e não vi o tempo passar. 



Foi quando o Tato me ligou. Eu tinha perdido a hora ouvindo o sotaque arrastado do Luciano e comendo aqueles pratos com cheiro de canela e coco. 

Ainda forcei o tempo para me lambuzar na baba de moça, que só encontro no Nordeste.


 


Diferente do que se come no Sul, o doce lá é feito com coco fesco, molinho. César serve com suspirinho e sorvete de tapioca.

Fui embora quase, quase satisfeita. Pensando em todos os pratos que ainda queria comer e cheia de saudade. 


Baião de Dois mergulhado no Litoral Pernambucano

Por César Santos


300 g de arroz ao curry já cozido*

250 g de camarão médio, descascado

200 g de feijão verde, cozido em água e sal

200 g de peixe cortado em cubos

200 g de polvo cozido, cortado em cubos

100 g de queijo coalho, cortado em cubos

400 ml de leite de coco

50 ml de azeite de oliva

1 colher (sopa) de azeite de dendê

1 ramo de cebolinha picada

1 ramo de coentro picado

1 cebola cortada à Juliana


1 Aqueça uma panela, acrescente o azeite de oliva, o dendê e a cebola deixando refogar um pouco. 2 Adicione o peixe, os camarões, o polvo e, por último, acrescente o leite de coco. 3 Deixe levantar fervura, abaixe o fogo e cozinhe por 5 minutos. 4 Acrescente o arroz ao curry e o feijão verde. 5 Deixe cozinhar mais um pouco e, por último, acrescente o queijo coalho e deixe derreter um pouco. 6 Desligue o fogo e finalize com a cebolinha e coentro. Sirva quente.

 

*Para o arroz ao curry: acrescente 1 colher (chá) de curry em pó na água fervente.

 

Por Roberta Malta às 03h43

Ir para UOL - Receitas

Sobre o autor

Roberta Malta é jornalista de gastronomia e blogueira por vocação. Escreve nas revistas Prazeres da Mesa, Casa & Comida e algumas outras sempre sobre ingredientes, bebidas, restaurantes. Formou-se em gastronomia, estudou vinhos na ABS- SP, mas está em constante aprendizado e pretende dividir suas descobertas e dúvidas com todos que acessarem seu link.

Sobre o blog

O "Sopa de Letrinhas" é um observador bem humorado da gastronomia, com pitadas do dia-a-dia da autora. Serve também como agregador e mixer de pessoas. Tem um olhar empolgado, emocionado, frio, crítico, curioso sobre comidas, bebidas, novidades, livros, restaurantes ou um pouco de tudo. Divirta-se!

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.
Hospedagem: UOL Host